Quer inovar? Primeiro, conheça pessoas!

- Planejamento Propaganda

Enquanto pensava no tema do meu texto para o Blog da Arriba!, passei por alguns assuntos óbvios para um gestor: os êxitos da agência ao longo dos anos, o cenário atual da Publicidade e do nosso mercado e as diversas áreas técnicas de uma agência como a nossa. No entanto, acredito que posso contribuir mais falando sobre pessoas.

Primeiro, adoro pessoas. Gosto de conhecer pessoas novas, de entender suas crenças, buscar explicações para suas maneiras de viver, de vestir, de falar, de se relacionar. E a Comunicação está cada dia mais carente de profissionais que querem entender de antropologia, sociologia, psicanálise e comportamento humano. Hoje, estamos muito focados em tendências e novas tecnologias, e cada dia nos preocupamos menos de como usar todo o volume de informação que temos para, de fato, trazer benefícios às pessoas.

Fala-se muito do “tal” valor agregado. Mas o que é valor agregado pra uns, não tem a menor importância para outros. Assim, entender as pessoas de forma cada vez mais individual pode ser a grande “inovação” do momento. Sabe, olhar as coisas de trás pra frente. Criar personalidade para as marcas que colocamos no mercado e, desta forma, a lei da atração acontece naturalmente.

Estes dias estive em uma palestra de Storytelling, e já tinha a definição para a expressão clara, mas cada dia fica escancarado que o termo está na moda. O que talvez a gente não reflita muito, fazendo um paralelo com nossa área, é que a melhor forma de construir uma marca é criar uma história em volta dela, com a qual várias pessoas possam se identificar e depois, naturalmente, vão acabar se identificando com a marca. Isto acontece, com música, dança e, por que não, com marcas? E se parece tão fácil, porque nem toda marca é um sucesso?

Primeiro, estão contando histórias desinteressantes, que não geram identificação com o público. E isto acontece porque pouco aplicamos a teoria TBC ( tirar a bunda da cadeira). Precisamos ir pra rua ver como as pessoas vivem. VIVER é bem melhor que POSTAR. Acreditem.

Em resumo, a mensagem que gostaria de deixar com meu texto é que se você quer fazer uma boa comunicação, que produza resultado, precisa conhecer as pessoas e observar seus comportamentos, valorizando os pequenos detalhes. Esse é o primeiro passo para que você tenha sucesso. Depois disso, estudar muito para entender quais as melhores técnicas e estratégias de comunicação para atingir o objetivo que você pretende.

 

Por: Daniele Botelho Rojas